sábado, 14 de maio de 2016

COMO VOCÊ ATRAI O QUE TE FAZ MAL?

Costuma acontecer como quando você bate o dedinho do pé na cama, pragueja aos sete ventos o máximo que conseguir e, a partir daquele momento, todo o resto do dia parece ter sido coberto por uma maciça nuvem cinzenta. Já aconteceu com você?

Confesso que na minha vida dias assim acontecem, vez ou outra. Algo não sai tão bem quanto eu esperava e, como que por um louco vudu, o dia termina comigo tomando um comprimido para dores musculares e enxaqueca; como se aquela primeira chateação tivesse me feito “prever” tudo que, dali em diante, poderia dar errado. Mas, a graça da coisa – que aprendi há pouco tempo - é essa: eu não previ; eu atraí. É, atraí. Coisas muito mais bacanas poderiam ter me acontecido naquele dia, porém, eu preferi configurar a minha mente para que estivesse alerta a tudo de ruim que acontecesse. E, pasmem, aconteceu mesmo. Quando me atentei para isso, me dei conta de que se a gente programar a nossa mente para perceber o lado negativo das coisas, é exatamente isso que veremos. O ruim estará magicamente a nossa espera, justamente por estarmos focados nele.

Como professora, já vivi situações que comprovam essa teoria. Por exemplo, em dias que estou com uma energia baixíssima, o desejo de me expor em uma aula é bem menor. É evidente que, assim, ela não renda tanto quanto eu gostaria. Dramaticamente, naquele santo dia, parece que os alunos colaboram menos ainda que em outras aulas. Eu, com a minha teia de pensamentos negativos, prevejo: “Vai dar encrenca!”. E o que acontece, senhoras e senhores? Encreca,claro.

Contudo, em outros dias, estamos tão serenos que mesmo que os imprevistos insistam em acontecer, a gente os ignora brutalmente e continua bem. Já notou? Essa é a lei da atração. A lei que diz que você cria a sua realidade baseado em seus pensamentos. Às vezes, me pego pensando demais em determinado problema que pre-ci-so resolver. Independentemente de algo que eu venha a fazer, lá está ele: o problema me impedindo de ser livre. Agora me diz você, por que é que insistimos tanto em pensar naquilo que não queremos? De onde tiramos tanta energia para focar no pior? Há alguma coisa de muito errado nisso. Se ao menos pensar no pior nos afastasse dele … Mas, não! E está tão claro!

Assisti, por indicação da minha aluna Fernanda (Oi Fê!), à série The Secret – A Lei da Atração pelo YouTube (você encontra também no Netflix) e a estou digerindo desde então. Ela trata justamente dessa tal lei da atração. Embora eu ainda esteja refletindo sobre ela, muitos pontos fizeram sentido para mim e certas citações foram de um valor imenso. Quero listar algumas para você e, claro, espero que elas sejam úteis como têm sido para mim. Depois você me conta? Me despeço com elas! Beijos e até logo. Com certeza.

  • “Pensamentos materializam coisas.” (Mike Dooley)
  • “Dê o primeiro passo na fé. Você não precisa ver a escada inteira. Apenas dê o primeiro passo.” (Martin Luther King, Jr)
  • “Atraia o bem e não o mal. Eis o problema: a maioria das pessoas pensa no que não quer e se pergunta por que é que isso sempre acontece.” (John Assaraf)
  • “As vibrações das forças mentais são as mais sutis e, consequentemente, as mais poderosas que existem.” (Charles Haanel)
  • “O pensamento predominante ou a atitude mental é o imã, e a lei é a de que o semelhante atrai o semelhante; consequentemente, a atitude mental sempre atrairá as condições que correspondam à sua natureza.” (Charles Haanel)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu traço riscar!